Quarta-feira, 14 de Novembro, 2007

O amor é a flor que floresce em todas as estações da vida.

Influencia o bem estar e dá-nos paz e tranquilidade.

 

 

Poeta é ser assim

 

Poeta que tem asas e não voa

Que mais pode fazer, senão cantar?!

Seja ele na terra uma voz à toa

Já que sendo poeta não se vai calar!

 

 

 

Abra caminhos, não fique adormecido

Que as chagas não fiquem a sangrar

Mesmo que o Mundo o tenha esquecido

Sempre a poesia o irá amar 

 

 

Que brote dele uma nova fonte

Que beba sempre que lhe apetece

Que seja um abraço, forte, seja a ponte

 

 

 

Para a paz e só a paz!

Traga a luz ao Mundo que o aquece

Tudo num só poema, se fôr capaz!.

publicado por rosafogo às 11:36

mais sobre mim
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

7
8
9
10

11
15
17

24

25
28
29
30


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro