Domingo, 09 de Novembro, 2008

 

Viajar é construir recordações, e eu também vivo delas!

É isso, vivo na urgência de aproveitar o tempo para percorrer mais alguns recantos do Mundo. Recordo alguns, onde possívelmente não voltarei, como a cidade do Cairo e as piramedes, o estreito de Dardanelos, o Corno de Africa, a cidade de Istambul,Nairobi

Habana etc.Nada me faz mais feliz! Dispenço outros bens mas quando posso

viajo, e hoje viajei com a mente a esses lugares maravilhosos que já conheço.

 

Deixo aqui mais um poema, porque o fogo deve ser alimentado, senão morre e tudo gela à

nossa volta!

 

 

Dias Vazios

 

 Dias vazios

Duma lentidão que cansa a alma!

Num marasmo, que causa arrepios

Disponho de tempo, mas nada me acalma!

Que tédio lento

que me vai pesando.

E o destino é vento

que passa arrasando!

Dias de frieza

Inerte me abandono!

Deprimente é o Outono!

É com subtileza

que o tempo de tudo é dono!

 

 

É com subtileza

Que o tempo de tudo é dono!

 

 

publicado por rosafogo às 21:13

mais sobre mim
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
5
6
7

11
12
13
14
15

16
17
18
19
22

23
25
28

30


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro