Segunda-feira, 10 de Novembro, 2008

 

 

 

A vida  em certos dias lembra um ermo agreste, porém logo vem o dia seguinte que trás a

doçura às nossas almas. Daí dizermos que não há nada como um dia atrás do outro.

O QUE HOJE NOS PARECE UM CHÃO ESCURO, AMANHA NOS PARECERÁ UM CÉU AZUL!

 

Às minhas amigas

 

Amiga

 

Tua palavra me conforta!

Nos dias em que me sinto

morta.

 

Amiga

Quando o silencio é atroz

e o tempo me arrasta ao sabor

a amizade que há em nós

me acalma e arrefece a dor!

 

Amiga

Então enxugo o meu pranto

e com este poema te canto!

 

 

 Também o meu agradecimento sincero ao comentário  do YALEO ,toda a sorte do Mundo

para você.

 

 

 

  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • publicado por rosafogo às 20:54

    Um beijo e tudo de bom****
    Yaleo a 19 de Novembro de 2008 às 23:21


    mais sobre mim
    Novembro 2008
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1

    2
    3
    5
    6
    7

    11
    12
    13
    14
    15

    16
    17
    18
    19
    22

    23
    25
    28

    30


    últ. comentários
    Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
    Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
    Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
    Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
    É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
    Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
    Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
    Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
    Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
    Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
    pesquisar
     

    blogs SAPO


    Universidade de Aveiro