Quarta-feira, 26 de Novembro, 2008

 

Hoje, foi um dia de Sol,que me aqueceu o corpo e o espírito. É sempre bom estar com pessoas que são nossas amigas e também andar no meio da Natureza nos trás um pouco

de tranquilidade.

 

Vou deixar aqui mais um poema, pois a poesia preenche-nos ela tanbém o vazio da alma!

 

 

Nosso Amor

 

 

 No mais íntimo e resguardado

Quando me abandono às tuas carícias

Fica meu rosto abrasado

Tuas mãos fazem minhas delícias!

Posso entrever enternecida

Teus olhos pousados nos meus

Ao olhar os teus,fico esquecida

Até de agradecer a Deus!

 

Nosso Amor é como um livro interrompido

Que se fecha com uma ponta de ternura

Na esperança de se ser surpreendido

Ao retomar a leitura.

 

 

 

publicado por rosafogo às 22:52

mais sobre mim
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
5
6
7

11
12
13
14
15

16
17
18
19
22

23
25
28

30


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro