Terça-feira, 03 de Fevereiro, 2009

Vamos virando a folha cada dia que passa é  mais um no nosso rol, é isto o presente.

Ainda por cima não podemos passear, com este tempo que nos força a ficar em casa, só

a ouvir notícias tristes de desemprego em massa, como é possível não cair na tristeza?!

 

Protesto

 

E agora?!

Vamos deixar-nos cair?!

Nesta hora,

que não nos tráz  promessas

Só nos quer ver partir

E nos põe a Vida às avessas?!

É ainda nossa esta hora,

momentos felizes hão-de vir!

Porquê partir?!

Não agora!

Talvez outro dia, outra hora?!

Por agora, ainda pulsa o coração

Há um resto de Vida que nos implora!

Será noutra hora. Nesta não!

 

 

 

 

publicado por rosafogo às 20:34

por enquanto é só um teste . comentários se seguirão
maria adriana a 4 de Fevereiro de 2009 às 14:41

OK! obrigado pela visita
Seja feliz.
rosafogo a 4 de Fevereiro de 2009 às 15:26

Outro poema muito bonito! Nesta hora colectiva, onde a previsão do futuro é negra, não há que sofrer antecipadamente!
Também a nível pessoal, não vale a pena sofrer com antecipação os males que ainda não chegaram nem sabemos se chegarão Mesmo os que sabemos inevitáveis, esqueçamos isso, e pensemos que acontecerão num dia ainda longínquo…
A vida é uma dádiva! Estar vivo, mesmo com sofrimento é infinitamente melhor do que
NUNCA MAIS :
-Ouvir as cristalinas gargalhadas das crianças, a melodia de que gostamos, uma voz que amamos;
- Cheirar o perfume das flores;
- Sentir, receber e expressar a amizade e o amor;
- Ver a maravilha que é este mundo onde vivemos, a gama de coloridos na natureza, a beleza dum fim de dia, dum romper da madrugada, etc, etc.. Até na nostalgia destes dias de chuva há beleza…
A idade roubou-nos tanto! A juventude, a beleza a resistência física, mas em contrapartida deu-nos a sabedoria dos anos, apurou-nos a sensibilidade para reparamos melhor e valorizarmos os pequenos nadas.
É isso Natália! Permaneçamos! Produzir não é o mais importante! Temos ainda tanto para dar e receber!

Um grande beijinho! Estamos ambas no mesmo barco, e no mesmo percurso nesta bela viagem que é a VIDA.
Juja a 6 de Fevereiro de 2009 às 19:20

Para entender um poeta
Quem melhor, do que um poeta maior!?
No mesmo barcorumando ao mesmo fim
rosafogo a 6 de Fevereiro de 2009 às 21:41

Queria ter-lhe respondido com uma pequena poesia mas toquei aqui em qualquer coisa e lá se foi imcompleta .

Para compreender um poeta
Ninguém melhor que um poeta maior!
Fazemos o mesmo percurso que há-de ser suave e lento
Como a serenidade dum sol-pôr
E com a paz e a liberdade no pensamento!

Para si com amizade

Natália
rosafogo a 6 de Fevereiro de 2009 às 21:55

Obrigada pelo belo poema e pela amizade, mas essa dum poeta maior não é verdade! Oh! como desejo esse percurso, que diz duma forma tâo bela!
"(...) Com a serenidade dum sol-pôr
E com a paz e liberdade no pensamento."
Por mim, gosto muito de poemas sobre recordações e quem não sente alguma analogia e enternecimento ao ler algo sobre a infância? A escrita pode trazer prazer a outros mas sobretudo é nossa e para nós.
Para si, um grande ramo de flores silvestres, lindas e singelas, como as crianças... Em troca, peço esse poema.
Beijinhos.
Juja a 7 de Fevereiro de 2009 às 21:15

Oi como dia 14/02 é dia da amizade aí vai uma mensagem:

"Amigo, Palavra forte, que se fala a qualquer um
Mas na hora da verdade não encontramos nenhum

As vezes é diferente achamos que não o temos
Mas na hora do aperto ao nosso lado percebemos

Esse era o meu caso, Amigo achei não ter
Na crise, muito abalada, Me apareceu você

Você que bem de mansinho ocupou meu coração
Estendeu a mão amiga, não poupou preocupação

É por isso que as vezes, mesmo pensando que não
Vale sim passar por coisas que apurrinham o coração

Hoje a Deus eu agradeço porque conheci você
Uma amiga especial, alegria em meu vive."

Um abraço!

Autor: (Isabelle Flor)
Foi retirado pelo site:
http://www.ziipi.com/result?pesquisa=mensagem+de+amizade
Priscilla Garcia a 9 de Fevereiro de 2009 às 13:13


mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
4
6
7

11

15
21

24
26


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro