Quinta-feira, 05 de Fevereiro, 2009

Ora me isolo, ora fico sequiosa de companhia, ora canto, ora choro. Hoje sinto a vida pesarosa,o Mundo a desabar. Sou uma sentimentalista sem emenda.Desde pequena que sonho por mim e pelos outros sempre na expectativa de que todos estejam bem, que tudo corra bem, mas este Mundo está de pernas para o ar e não se esperam melhoras.

 

Fecho meus olhos de vez

 

 

Fecho meus olhos de vez

Não quero mais, no espelho me vejam

Deixem lá os porques e os porquês!?

Deixem que fiquem em paz, onde quer que estejam.

Fecho meus olhos p'ra esquecer

As rugas que me vão no rosto

Já não sei bem o que é querer!?

Também não sei se ainda de mim gosto!

Meus olhos rendidos à dor que os faz doer

Fecham-se numa  solidão final

PORQUÊ? Não queiram saber!

Talvez, porque esgotaram  suas lágrimas de sal.

 

 

 

 

publicado por rosafogo às 23:57

O Poema é muito lindo mas não vale a pena ficar triste com o mundo a desabar.
O pior ainda está para chegar... ainda vai ter qua transformar o seu lindo jardim numa plantação de batata, couves, cenouras, salsa e coentros... ainda nosa vamos todos bater por um prato de comida, por isso o melhor a saborearmos amanhã um lombo de porco no forno com batatinhas à maneira!!

Vamos ver se isto aí chega!
Bárbara Maria a 6 de Fevereiro de 2009 às 15:18

Aí, mudo-me de vez para a aldeia, sempre dá para ter umas galinhas e quem sabe um porquito.A minha crise já vem de longe,os meus pais matavam um porco uma vez por ano e ninguém morreu de fome e o pouco que havia tinha que se transformar em muito. De modo que haverá sempre solução.Por muito mal que se esteja, os nossos pais passaram bem
pior.
Um beijinho, vá passando
rosafogo a 6 de Fevereiro de 2009 às 17:04

Um poema triste, magnífico de conotação desgastante.
A vida tem maravilhas, bocados de dor, momentos de amor
Um beijo e bom domingo***
Yaleo a 8 de Fevereiro de 2009 às 12:00

Visito-a muitas vezes, e é com prazer que lhe dou meus parabéns pelo «Teia dos Sentidos».

Se alguém me vir chorar
Quem sabe de alegria até!?
Fique a saber que é por estar!
A agradecer a quem é
Uma flor bonita, que na vida acredita você Yaleo
Obrigado pelas palavras
rosafogo a 8 de Fevereiro de 2009 às 19:02


mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
4
6
7

11

15
21

24
26


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro