Sábado, 14 de Fevereiro, 2009

 

Hoje não tinha ideia de escrever nada aqui no meu espaço. No entanto  pensei:  passados quarenta e dois anos  duma relação possivelmente igual a tantas, com altos e baixos, mas onde o amor ainda  exalta e o companheirismo e a procura do bem estar comum existem,

porque não trazer neste dia este poema? Já foi feito há algum tempo e é singelo, mas eu gosto.

 

Mistério e verdade

 

O meu corpo é uma catedral

Onde tu rezas e eu te abençoo

Perdes-te em mim, tudo é tão natural

Eu te compreendo e toda me dou!

Como é sagrada a minha morada

Onde tu descansas e respiras

Com a minha alma e a tua renovada

Saboreando o Amor, tu te retiras.

 

Aqui nos podemos sempre reunir

No conforto deste templo

Onde TU  me fazes sentir

e onde EU amando, te contemplo!

 

 

publicado por rosafogo às 23:56

Pois é Natália como a percebo, uma relação tem dias óptimos, dias cinzentos e dias assim-assim! Mas em todos estes dias o outro é o nosso porto de abrigo e junto procuramos construir a nossa Catedral de amor!

Beijinhos, Rita
teladosentir a 15 de Fevereiro de 2009 às 21:07

Dias de Sol, onde a sonhar
Atravessámos verdes prados
tardes mornas, noites de Amar!
sonhos, risos, lágrimas, braços apertados
São lembrança remota ou ainda chama
nos momentos em que ainda se ama.

Para a Ritinha ( aqui só para nós que o amor seja ouro)

Beijinho
rosafogo a 15 de Fevereiro de 2009 às 22:18


mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
4
6
7

11

15
21

24
26


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro