Segunda-feira, 18 de Janeiro, 2010

Hoje fiz este slide com algumas fotos de Cristos cruxificados, não são todos os que possuo

mas o tempo não dá para procurar mais dado que estão em diversas pastas de fotografias

e tenho que procurar, mas dá para ver como gosto de tirar fotos de arte sacra, quando me é

possível, porque em muitas catedrais não é permitido. De  Varsóvia e Cracóvia trouxe um bom conjunto que me dá muito prazer olhar, há uma beleza nelas aos meus olhos, que nem

sei defenir, é qualquer coisa  muito transcendente e que me impele a não deixar de fotografar e trazer para casa.

Espero que os amigos que me visitem apreciem, breve faço novo slide com as restantes.

O slide desta vez parece que danificou um pouco as fotos, mas dá para ver.

 

Deixo uma poesia inédita

 

DEUS TRAÇOU

 

Alojadas em mim raízes fortes

Lembranças que vão e voltam

Vezes sem conta!

Umas, são meus desnortes

Às vezes meus ais se soltam

Vezes sem conta!

Me perco no labirinto

De pensamentos e emoções que sinto.

 

Se calhar nem sempre lembranças tão bonitas

Quanto as recordo hoje?!

Mas vá lá a gente compreender!?

Sem a saudade nestas minhas escritas

Teria medo de mais sofrer.

 

Levo algumas horas de luto

E tantas outras de Amor

Mas já trago o pranto enxuto

E até já esqueço a dor.

 

No rosto ainda uma expressão amável

A tudo o pensamento se habituou

Nada pode alterar o inevitável

Que Deus num destino traçou.

 

rosafogo

 

publicado por rosafogo às 17:28

Minha simpatica amiga, hoje sou eu que te venho dar uma novidade, sai esta semana um livro meu com poemas feitos por mim, aliás todinho coisas minhas, no meu blog poderás ver a apresentação da capa que são fotos que tb eu tirei. Já tinha saudades de passar por aqui. bj grrrrrrrrrrr
TiBéu ( Isa) a 18 de Janeiro de 2010 às 18:05

Já vou espreitar amiga o teo blog e que grande novidade me
dás, fico feliz por ti, meus sinceroa parabéns e que escrevas muito
mais é o que desejo.

Beijinhos e obrigada por teres passado.
rosa
rosafogo a 18 de Janeiro de 2010 às 18:41

Vim deixar mais um bj de amizade.
TiBéu ( Isa) a 25 de Janeiro de 2010 às 22:45


Natália,

todos nós temos o nosso destino traçado (é o que dizem), e sendo assim, só temos é de estar preparados e levar a vida.
Que importa sonhar com o impossível?? o futuro é já hoje.


Beijinhos
Alex
inoutyou a 18 de Janeiro de 2010 às 19:51

Meu querido amigo

Tens razão, atrás dum dia tristonho, logo surge outro risonho.
A Vida agora principalmente na minha idade, tem de ser encarada
com uma certa dose de bem estar, porque o tempo passa rápido
e o melhor é de facto aproveitar o dia de hoje.

beijinhos Alex, obrigado pela presença
rosa
rosafogo a 19 de Janeiro de 2010 às 20:35

Olá Rosafogo! A amiga já me conhece o suficiente para saber que sou perito em memorizar detalhes, pequenas coisas que escapam à atenção da maioria. Assim sendo....

Neste dia de festa e de celebração
expresso no poema o meu desejo
haja festa rija e alegre animação
que eu daqui mando-lhe um beijo

MUITOS PARABÉNS
manu a 19 de Janeiro de 2010 às 00:58

Assim é meu querido amigo, não lhe escapa nada
Obrigado, é um amigo de longa data, que eu muito estimo
afinal dos primeiros aqui na net, sempre gentil,
obrigado Manu.
Lhe agradeço do coração, tudo bom para o amigo também.

Um beijinho com o meu carinho

rosa
rosafogo a 19 de Janeiro de 2010 às 20:39

Ola
Bonitas e interpelantes fotos...
Do poema, cito uma parte que me tocou particularmente:

"Mas já trago o pranto enxuto

E até já esqueço a dor."

Sei exactamente o que isso é.
Abraço
Marta M
Marta M a 19 de Janeiro de 2010 às 15:29

Olá Martinha

Sempre me agrada a tua visita,
A minha intuição me leva a crer
que tu és uma Menina Linda, cheia de bons sentimentos.

Hoje é um dia especial, foi bom encontrar-te,
hoje também me encontrei com o Sol, com o mar
foi um dia incrível, mais um na minha Vida,
mas daqueles que a gente não tem de que se
queixar, porque a amizade também ajuda a que
a vida prossiga melhor.

Beijinhos, adorei que viesses, obrigada pela amizade
rosa
rosafogo a 19 de Janeiro de 2010 às 20:43

Olá

Espero que vejas isto ainda hoje.
A surpresa está no "CVhão..."
Bijo.
PC
Paulo César a 19 de Janeiro de 2010 às 23:30

Não , mas vi hoje e agradeço imenso
mesmo só tu, para te lembrares duma
amiga com esse carinho.

Fico orgulhosa que sejas meu amigo,
espero que tudo esteja bem, me pareceste um pouco
triste, que passe depressa, assim desejo.

beijinho, obrigado pelo carinho, conta
comigo se precisares.

natalia
rosafogo a 21 de Janeiro de 2010 às 00:31

Eu vou tentar, amiga... há mais blogs em que tenho este mesmo problema! Noutros comento com a maior das facilidades... pode ter a ver com um Widget qualquer, não sei... já vi as tuas fotos e vou tentar ver, agora, as da Arte Sacra. Um enorme abraço e muita força para curar essa gripe tão aborrecida e persistente!
poetaporkedeusker a 20 de Janeiro de 2010 às 16:30

Minha querida Mª João, já tinha saudades tuas
de vez em quando vou ao teu cantinho para ler
o que tenho em atraso, mas pouco falamos agora.
Saudades do tempo em que tanto desabafávamos uma com a outra
mas não te preocupes, nem te aborreças, quando não podes
paciência eu compreendo.
Espero tenhas gostado de ver as fotos, algumas tiradas à pressa
com medo que me chamem à atenção.
Obrigado, por te preocupares com a minha saúde, ainda não estou
bem de todo, esta gripe é persistente, e dolorosa mas vai passar.
Toma tu cuidado contigo, espero fiques bem.

Abraço forte Mª João
da natalia
rosafogo a 21 de Janeiro de 2010 às 00:36

Amiga Natália. Penso que arte sacra é das coisas mais bonitas, ainda a pouco tempo tirei umas fotos numa igreja, que cada traço de pintura e cor tem a alma de quem pintou, porque tudo que seja arte tem a magia das horas e pensamentos retratados nas coisas que vimos, é uma questão de olhar com olhos diferentes e nunca com indiferença como alguns vêem a arte.
Beijinho de amizade Lisa
maripossa a 21 de Janeiro de 2010 às 19:17

Olá Amiga

Desculpa desó agora responder à tua carinhosa visita.
O tempo nem sempre é o que desejaríamos, e não dá
mas chega sempre o momento em que com muito gosto venho
ver o que carinho que me deixam e deixar o meu obrigado.

Como vês amiga eu tal como tu gostamos de apreciar a arte
é como dizes, tem que haver sentimento quando se olha
a criação dum artista. Adoro fotografar pormenores e sempre que posso
porque nem sempre deixam, lá estou.

beijinho Lisa obrigado pela visita.

natalia
rosafogo a 28 de Janeiro de 2010 às 14:21

Olá minha querida amiga Natália. Não me vou alongar, vou apenas dizer-te que gosto muito de te ver de volta, com o espírito jovial, que te é característico, e que o teu post. Está fabuloso, tanto do ponto de vista histórico, com do ponto de vista cultural, não falando do sentimento de respeito que me transmite. O slide, está muito bonito, e feito com gosto, e o poema, é belo, eu adicionei aos meus favoritos, obrigado e parabéns. Um grande beijinho deste amigo do coração. Eduardo.
Fisga a 24 de Janeiro de 2010 às 18:51

Oi meu querido amigo, há quanto tempo, pois foi muito bom encontrar-te, sabes
que se me avariou o pc e estou num emprestado aos bocadinhos, então a disponibilidade
não é a mesma e a vontade também é diferente. Mas entretanto agora arranjei
um bocadinho para te responder, como sempre és um bom amigo, generoso em
relação ao apreço que tens na leitura das minhas coisas.

Desejo muito que te encontres restabelecido e bem.
Beijinhos da natália
rosafogo a 28 de Janeiro de 2010 às 14:25

Olá minha querida amiga Natália. Espero que estejas bem, pois as nossas visitas agora são tão raras que dá tempo de se ficar doente e voltar a ficar bem, para alem do mais tenho saudades das nossas cavaqueiras regulares, mas sabes amiga, nós assumimos compromissos, a mais do que as nossas capacidades suportam, e depois acontece que começamos a não os conseguir honrar como eles merecem, é o que estou a sentir que se passa comigo. Desculpa-me por isso. Espero que o teu P. C. já esteja bom, se por mero acaso, ainda não estiver bom, mais vale ser o P. C. do que tu. Um beijinho, deste amigo, que te presa muito. Eduardo.
Fisga a 30 de Janeiro de 2010 às 10:11

OLÁ MINHA QUERIDA AMIGA NATÁLIA. EU SE NÃO RESPONDI A ESTE COMENTÁRIO, PELO MENOS QUIS FAZE-LO, MAS É SÓ PARA TE DIZER, OU PARA TE REPETIR, QUE ANTES MIL VEZES O P. C. DO QUE A DONA, P. CES. HÁ MUITOS, E NAT ÁLIAS, PROVAVELMENTE TAMBÉM. MAS SERÃO SEMPRE MUITO MENOS DO QUE OS P. CES. ALEM DO MAIS EU SÓ CONHEÇO UMA. QUE ÉS TU E MAIS NENHUMA. UM GRADE BEIJINHO, DESTE AMIGO QUE TE ADMIRA MUITO. EDUARDO.
Fisga a 30 de Janeiro de 2010 às 19:56

Olá amigo

Quanta saudade, isto da gente se meter em várias coisas, depois é difícil dar conta
de tudo, embora os amigos nunca se vão da minha memória e do meu coração não
me é possível estar com todos como antigamente.
Mas sempre que possível irei fazer uma visita e agradecerei a gentiliza das vossas
visitas também.

Beijinho com carinho
para ti, com desejo de que te encontres mesmo bem.

natalia
rosafogo a 28 de Janeiro de 2010 às 14:30

Oi amiga Rosa. Dou-te os meus parabéns pelo invulgar, mas ao mesmo tempo, pertinente, e também muito belo, slide. Embora insólito, pelo seu significado, não é fácil, ignorar-mos a sua beleza. E porque fás parte de uma história, não deve e nem pode ser ignorado. E quanto ao post. Eu o adicionei, porque o achei muito belo também, e incisivo. Gostei. Gostava de poder adicionar a música de fundo, que tanta tranquilidade nos transmite, mas não encontrei o link. HAHAHAHAHA. Um beijo, sulitario.
Sulitário a 25 de Janeiro de 2010 às 11:05

Meu queriso amigo
dei a resposta ao seu comentário aíi mais abaixo, peço desculpa não sei como aconteceu.
De qualquer modo me tinha esquecido de dizer-lhe que a música que aqui se ouve é de Ernest Cortazar e
foi o meu neto que a tirou do youtube a meu pedido, porque é o género de música que não me cansa
acho duma beleza infinda.

abraço amigo Solitário
da rosa
rosafogo a 28 de Janeiro de 2010 às 14:46

Olá amiga Rosa. Não Há lugar a desculpa, quem nunca errou em nada? De certo, só aquelas pessoas que não fazem mesmo nada. Eu por ex. estou com uma certa vergonha, de me atrasar tanto nas minhas respostas e em tudo o mais, como seja a comentar. Mas, As obrigações não se compadecem com os obvies. E é essa a razão. Só posso vir quando o tempo dá. As minhas desculpas. Quanto à música, é de facto, um tónico, relaxante, muito grande, por ser o tipo de música que é. Não cansa, é leve e relaxante. Um beijo. Sulitario.
Sulitário a 1 de Fevereiro de 2010 às 10:31


mais sobre mim
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro