Domingo, 09 de Agosto, 2009

 

Agora estou dividida, porque passei a postar no Luso Poemas,

e também já por lá arranjei amigos. É verdade, eu já vos tinha dito, sou como criança curiosa

fui ver depertou em mim o desejo e foi um instante enquanto decidi fixar-me por lá também.

Mas vou estar sempre aqui, quando regresso do Luso, venho cheia de saudades e por isso

vou ver se consigo agora mesmo, deixar uma poesia e visitar alguns amigos.

 

LUTA

 

Longo este caminho escarpado

Que me arrasta p'ra solidão

Da esperança terei resvalado?

Ouço os brados da multidão!

Solidão é tudo o que resta

Tem nome é « desespero»

Mas vejo o Sol além

E espero...

O silêncio se adensa, algo vem

Esboço um sorriso é uma festa!

Mas o futuro ainda é minha pertença?

No olhar  de novo o abatimento

Só me resta o esquecimento.

 

Solto murmúrios, sem entoação

De quimeras nem ouso lembrar

Dissimulo o medo

Da vida perco a noção.

E em segredo,

Fecho-me numa angústia contida

E fico a ouvir meu sonho falar.

Mas  numa luta desabrida

Deito mãos à vida

E perante ameaça de tempos futuros

Finjo ser hera disfarçada, enlaçada aos muros.

Dos meus dias?!

A nostalgia é rainha

Tenho sombras no lugar das alegrias

Fico de rosto sombrio a ruminar

Olho o céu, uma nuvem negra

A tristeza é contágio!? Eu me deixo contagiar!

Ah! Mas à Vida dou refrega!

Não se lembre ela de me deixar.

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Bem disposta
publicado por rosafogo às 23:51

Olá Rosafogo!

Olhem a poetisa que se reparte
mostrando ao mundo a sua arte
questionando a posse do seu futuro
Sim, o que aí vem é sua pertença
acredite e nunca perca a crença
mesmo que lhe pareça tudo escuro

Ser poeta também é questionar em pernanência. Abraço Grande.
manu a 10 de Agosto de 2009 às 21:12

Olá Manu!

Verdade, com arte ou sem ela
Voei , abri minhas asas ao vento
Foi só atirar-me da janela!
E cheguei lá no momento.

É verdade amigo, fui ver como era e resolvi participar, são tantos, eu sou mais uma, mas é interessante,
porque se podem postar 3 poemas por dia vê-se os resultados ou seja, a estatística dos mesmos e vamos subindo
de «categoria» consoante a participação, agora já tenho três estrelas quase quatro, como vê já me sinto uma
estrela.Mas tenho tido comentários que me enchem de orgulho, ou será vaidade? Não sei, tenho que estudar este
pormenor.
Mas não pense que se safa aos meus comentários!

Abraço Manu com muita amizade, espero se encontre bem.
natalia
rosafogo a 10 de Agosto de 2009 às 22:29


mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
4
5
6
8

10
11
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30
31


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro