Terça-feira, 20 de Outubro, 2009

 

Hoje estive a escolher algumas fotos da minha viagem à Europa Central e lembrei-me de colocar um slide, mostrando pormenores tirados em Budapeste , Bradislava e Viena de

 

Austria, para os amigos que gostem deste género de coisas. Eu adoro fotografar pormenores, mas como sabem as viagens em grupo não permitem que nos atrazemos, senão corremos o risco de nos perdermos, e eu já passei por essa experiência e sei o

que senti, de modo que as fotos são sempre tiradas numa correria.  Há também algumas onde não permitem, mas às vezes não resisto.

Espero então que apreciem.

 

Meu poema hoje, que dizer?

É um soneto...

 

A MENTE DO POETA

 

Caminhando, vai o poeta à toa!

P'lo caminho limpa lágrimas de solidão

Faz de Sol e entre searas louras apregoa!?

Profetiza, inventa um Mundo feito coração.

 

Morre estrebuchando restos de desejos

Até na despedida faz da poesia almofada!

Sonha com a Lua, com ela troca beijos

Chama-lhe sua!? Sua eterna namorada.

 

Foram seus poemas canteiros de narcisos

Plantou com loucura, também estremecimento!

Adubou com dores, tragédias e semeou risos.

 

Sua mente foi sempre fogo rubro inflamado

Noutro tempo morreu mil vezes d'amor sedento.

Sempre a alma do poema a seu lado tem caminhado.

 

sinto-me: bem
publicado por rosafogo às 20:24

Já tinha reparado na tua dinâmica no caminhar da vida.

Já tinha dado por essa faculdade positiva.

Muito bom o que me contas. Aproveita e recupera o tempo perdido.

O Brasil é o maior Continente da Amárica do Sul.

Tem toda a espécie de situações e toda a espécie de beleza.

Nele se retratam todos os Continentes em paisagens, algumas únicas,
praias e ilhas Cidades muitas e uma população de milhões.

São Paulo, por exemplo é a quarta cidade do mundo em população
e das primeiras em violência, talvez mais um pouco que New York.
Não não garanto. 12 milhões na metróple que é S. Paulo mais 6 milhões
nos limitrofes.

É evidente que a violência é proporcional ao tamanho e à quantidade
de gente.

Portugal cabe em São Paulo, inteiro e ainda sobra muito espaço...

O Rio, é uma Cidade muito bela e foi escolhido, agora, para os
Jogos Olímpicos.

Há uma mistura de cores e de paisagem, assim como de etnias, em todo o Brasil.

Não mete medo, mas se deve andar vestido e com adornos ficticios e sem dar nas vistas.

Morre gente em todo o lado! Eu este ano, fui sózinha para Sampa (nome carinhoso) sem problemas

e em londres fui assaltada, muito próximo do Museu britânico.

O marido da minha prima (suiço) vêm á Europa todos os anos e vivem há 28 anos em Sampa.
Nunca tiveram problemas e este ano ele foi assaltado em Zurik - Suíça - a sua própria terra.

Não há que ter medo do Brasil, mas a ter medo, temos de ter em qualquer cidade do mundo.
inclusivé Portugal.

O nosso amigo Fisga, embora enfraquecido e tendo de ter muitos cuidados com a saúde, já
saíu do hospital.
Possa Deus ajudá-lo e a todos nós! Beijos e obrigada por escreveres,

Maria Luísa
M.Luísa Adães a 26 de Outubro de 2009 às 08:58


mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


últ. comentários
Queria amiga Poetisa Rosafogo, Que das coisas simp...
Olá!Vim apenas fazer um teste, para ver se consegu...
Parabens pelo post. Falar de coisas simples por ve...
Acontece-me exactamente o mesmo, Natália! Depois d...
É assim Mªa João, dispersei-me e agora é tão difíc...
Também me perco imenso, Natália. Não penses que és...
Há séculos dizes bem MªJoão, bem que eu gostaria q...
Para mim também foi uma alegria encontrar-te Ause...
Obrigada PC é bom encontrar palavras amigas.Tento ...
Olá Martinha obrigada por vires ler, tenho andado ...
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro